1. Skip to brandempowerment.com Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>


Grupo de Trabalho Concelhio

PDF Imprimir Enviar por E-mail

O Grupo de Trabalho Concelhio foi criado em reunião do dia 3 de Março de 2006. Nesta reunião, em que estiveram presentes os Presidentes do Conselho Executivo da Escola Secundária de Arganil, dos Agrupamentos de update Arganil e Coja, os Coordenadores e Responsáveis pelas Bibliotecas do Concelho, representantes das Associações de Pais e a Coordenadora do SABE e que foi presidida pelo Sr. Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Arganil foi apresentado o Regulamento do Grupo de Trabalho. Este Regulamento foi aprovado por unanimidade, passando o Grupo a exercer em plenitude as suas funções. Na mesma reunião, foi criado o Grupo Coordenador e a Comissão do 1º Ciclo.
Em Abril de 2007 os Presidentes dos Concelhos Executivos das Escolas envolvidas assinaram um protocolo que autorizou os técnicos da Biblioteca Municipal a validarem os registos bibliográficos feitos nas várias bibliotecas escolares.
Na reunião do Grupo Coordenador de 11 de Novembro de 2008 foi aprovado o texto do Protocolo de Cooperação entre a Câmara Municipal de Arganil, a Escola Secundária de Arganil, o Agrupamento de Escolas de Arganil e o Agrupamento de Escolas de Coja para a criação do Portal da Rede de the best choice generic viagra overnigh Bibliotecas do Concelho de Arganil que veio a ser assinado pelos respectivos presidentes em 4 de Dezembro de 2008.

REDE DE BIBLIOTECAS DE ARGANIL
Portal Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil


PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO
Rectificação ao Protocolo de Cooperação assinado em 4 de Dezembro de 2008
Setembro de 2009

 

Preâmbulo
No seguimento do trabalho desenvolvido no âmbito do Grupo de Trabalho Concelhio para a criação do Portal das Bibliotecas do Concelho de Arganil que aloja o Catálogo Bibliográfico da Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil, importa agora regulamentar os procedimentos que conduzam a uma participação activa de todos os intervenientes.
Com esse propósito é estabelecido o seguinte Protocolo de Cooperação entre a Câmara Municipal de Arganil, a Escola Secundária de Arganil, os Agrupamentos de Escolas de Arganil e de Coja que rectifica o Protocolo assinado em 4 de Dezembro de 2008 e que passa a ter a seguinte redacção:

CAPÍTULO I
Da Natureza, Objecto e Objectivos da Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil

Artigo 1.º
Natureza
1. Inspirando-se nos objectivos enunciados no Manifesto da UNESCO para as Bibliotecas Públicas e Escolares e no relatório Síntese da Rede de Bibliotecas Escolares no que concerne à construção de redes, visando a partilha de recursos bibliográficos, a Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil, adiante referida como RBCA pretende reunir, tratar e disponibilizar num catálogo informático disponível online, todos os recursos bibliográficos das doze bibliotecas, Públicas e Escolares, existentes neste Concelho.
2. A fim de operacionalizar procedimentos que permitam alcançar os objectivos propostos torna-se necessário criar uma estrutura de buy cheap cialis site cooperação entre todas as Bibliotecas do Concelho de Arganil, visando o fomento de uma política coordenada de aquisições, a compatibilização e a troca de informação bibliográfica e a dinamização do empréstimo inter-bibliotecas, assente na observância de princípios técnicos (biblioteconómicos e informáticos) comuns.
3. São cooperantes da RBCA:
a) Câmara Municipal de Arganil
b) Escola Secundária de Arganil
c) Agrupamento de Escolas de Arganil
d) Agrupamento de Escolas de Côja

Artigo 2.º
Objecto
1. O presente protocolo define as normas gerais de organização e de funcionamento da cooperação na RBCA.

Artigo 3.º
Objectivos
1. São objectivos da RBCA:
a) Constituir e manter online o Catálogo Colectivo das Bibliotecas do Concelho de Arganil;
b) Reunir, tratar e disponibilizar o fundo documental disperso por escolas e jardins-de-infância de todo o concelho, integrando-o no catálogo da Biblioteca Escolar que lhe estiver mais próxima geograficamente, excepto o jardim-de-infância de Arganil para o qual se estudará a possibilidade da criação de uma Biblioteca Escolar.
c) Enriquecer o catálogo colectivo com informação para apoio pedagógico que sirva professores, alunos, pais e encarregados de educação;
e) Fomentar o empréstimo inter-bibliotecas e a política de online cialis cheap we choice aquisições que visem a optimização de recursos, a dinamização e a promoção da leitura e da escrita criativa;
f) Criar e garantir a actualização de conteúdos do Portal das Bibliotecas Escolares e Municipais.


CAPÍTULO II
Organização e funcionamento da Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil

Artigo 4.º
1. A RBCA será gerida em sede do Grupo Coordenador, podendo este quando entender necessário solicitar apoio a outros membros ou parceiro no Grupo de Trabalho.

Artigo 5.º
Direitos e deveres dos Cooperantes
1. São direitos dos cooperantes:
a) Aceder à RBCA de forma livre e gratuita;
b) Receber apoio técnico (biblioteconómico e/ou informático), nos termos e condições definidos no documento relativo à criação do Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares (SABE).
c) Disponibilizar on-line os seus recursos documentais
d) Ser parte integrante do serviço de Empréstimo Inter-biblioteecas.
2. São deveres dos cooperantes:
a) Disponibilizar o catálogo actualizado da Biblioteca que representa;
b)Autorizar as correcções que os técnicos da Biblioteca Municipal entendam necessárias, com vista à harmonização do catálogo. Estas correcções serão feitas apenas nos campos da descrição bibliográfica e nas autoridades (entradas principais e secundárias).
c) Fornecer periodicamente os registos bibliográficos que entretanto forem sendo criados.
d) Cumprir as normas e critérios estabelecidos relativamente ao processamento bibliográfico e outras directrizes emanadas pelo Grupo Coordenador da RBCA.
e) Colaborar com o Grupo Coordenador da RBCA na concretização dos objectivos que este se propõe na actualização e enriquecimento do Portal.
d) Cumprir e fazer cumprir na respectiva Escola e/ou Agrupamento de Escolas, o presente Protocolo de Cooperação e o Regulamento de Empréstimo Inter-bibliotecas, anexo a este protocolo e que dele faz parte integrante;
e) Introduzir no Projecto Educativo e no Regulamento Interno da Escola e/ou Agrupamento as alterações julgadas necessárias para dar cumprimento ao estipulado no presente Protocolo;

3. São deveres da Câmara Municipal através da Biblioteca Municipal Miguel Torga
a) Receber e validar os registos bibliográficos de todas as Bibliotecas da Rede de Bibliotecas do concelho de Arganil.
b) Verificar e corrigir possíveis anomalias nos registos bibliográficos que compõem a base. Estas correcções serão feitas apenas nos campos da descrição bibliográfica e nas autoridades (entradas principais e secundárias), não sendo permitido alterar dados de outros blocos.
c) Inserir esta base numa base conjunta constituindo assim o Catálogo Bibliográfico Concelhio.
d) Publicar e manter actualizado o catálogo Concelhio on-line.

CAPÍTULO III
Disposições Finais
Entrada em Vigor

Artigo 8.º
1. O presente Protocolo entra em vigor à data da sua aprovação pelo Grupo de Trabalho Concelhio das Bibliotecas do Concelho de Arganil.
2. As alterações a este Protocolo podem decorrer de propostas do Grupo Coordenador, devendo ser sempre sancionadas em reunião do Grupo de Trabalho Concelhio.

Assinaturas:

Município de Arganil Escola Secundária de Arganil

Agrupamento de Escolas de Arganil

Agrupamento de Escolas de Côja
 

Arganil, 16 de Setembro de 2009

Protocolo de Colaboração InterBibliotecas

A fim de normalizar os procedimentos que permitem o empréstimo entre bibliotecas, quer entre bibliotecas do Concelho de Arganil, quer entre bibliotecas de http://www.hs-rottenmann.at/xenical-canada outros concelhos de diagnosis Portugal Continental e Regiões Autónomas, foi criado o presente Protocolo, inspirado nas regras que constam do Modelo de Código Nacional de Empréstimo Interbibliotecas.

O empréstimo interbibliotecas, no que toca a empréstimo entre bibliotecas do concelho de Arganil, assenta no catálogo concelhio. O catálogo concelhio reúne todos os recursos documentais tratados, existentes no Concelho de Arganil, nomeadamente, das Bibliotecas Miguel Torga e Alberto Martins de Carvalho, da Biblioteca Secundária de Arganil, das Bibliotecas do 2.º e 3.º CEB de Arganil e Côja, das Bibliotecas escolares do 1.º CEB de Arganil, Folques, Pomares, Pombeiro da Beira, Sarzedo e dos Centros Educativos de Côja e São Martinho da Cortiça. 

Empréstimo interbibliotecas é o processo pelo qual uma biblioteca obtém de outra biblioteca determinado material, requerido pelos seus utilizadores e não disponível nos seus próprios fundos.

Capítulo I
Empréstimo entre bibliotecas do Concelho de Arganil

Artigo 1.º
Todas as bibliotecas cujos fundos documentais constam no Catálogo Bibliográfico do Concelho de Arganil inserem-se na rede de empréstimos interbibliotecas do Concelho de Arganil.

Artigo 2.º
1. Serão objecto deste empréstimo todos os seus documentos, com salvaguarda das excepções previstas nos números seguintes.
2. Exceptuam-se todos os documentos considerados pelas respectivas bibliotecas como sendo apenas susceptíveis de we like it cialis buy now leitura na Biblioteca.
3. Poderá, eventualmente, nos casos aqui não previstos, a biblioteca estudar a admissibilidade respectivo do empréstimo, sendo que a não admissibilidade será sempre justificada.

Artigo 3.º
As condições de empréstimo serão as seguintes:
1. Empréstimo a um utilizador individual: poderão ser requisitados até 3 (três) documentos em suporte de papel ou 1 (um) documento em suporte audiovisual ou digital.
2. Empréstimo para a sala de aula no âmbito do Plano Nacional de Leitura: o número de obras requisitadas será de acordo com os pedidos dos professores.

Artigo 4.º
1. A devolução dos documentos requisitados por um utilizador individual deverá ser feita no prazo de 10 (dez) dias úteis para o documento em suporte papel e de 3 (três) dias úteis para os outros suportes.
2. No caso da requisição ter sido feita para sala de aula no âmbito do Plano Nacional de Leitura, a devolução deverá ser feita antes do final do período escolar em que foi feito o empréstimo.

Artigo 5.º
Sempre que for considerado conveniente a Biblioteca Municipal Miguel Torga e a Biblioteca Alberto Martins de Carvalho serão as receptoras e distribuidoras dos livros em trânsito pelas várias Bibliotecas.

Artigo 6.º
Se o documento for extraviado ou danificado, o utilizador requerente fica obrigado ao pagamento do valor do respectivo documento no prazo de 10 dias úteis a contar do conhecimento de tal extravio ou dano.

Artigo 7.º
Os coordenadores e responsáveis das várias bibliotecas escolares serão os responsáveis pelos livros requisitados para a sua biblioteca

Artigo 8.º
1. As escolas sem biblioteca escolar serão consideradas utilizadoras da biblioteca escolar do mesmo nível de ensino mais próxima geograficamente.
2. Os jardins-de-infância serão considerados utilizadores da biblioteca escolar mais próxima geograficamente.


Capítulo II
Empréstimo entre bibliotecas do Concelho de Arganil e
outros Concelhos de Portugal Continental e Regiões Autónomas.

Artigo 9.º
Os pedidos de empréstimo devem ser dirigidos através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , ou preenchendo o formulário disponível no Portal da rede de bibliotecas do Concelho de Arganil em www.rbca.bib-arganil.org.

Artigo 10.º
Só serão permitidos empréstimos até 2 (duas) obras em simultâneo.

Artigo 11.º
1. No pedido da entidade requerente deverão constar informações bibliográficas completas, sob pena de, se assim não for, a entidade fornecedora não conseguir localizar a obra e, consequentemente, emprestá-la.
2. Todas as despesas que advieram do empréstimo de obras serão suportadas pela entidade requerente.

Artigo 12.º
1. Serão objecto deste empréstimo todos os seus documentos, com salvaguarda das excepções previstas nos números seguintes.
2. Exceptuam-se:
- Todos os documentos considerados pelas respectivas bibliotecas como sendo apenas susceptíveis de leitura na Biblioteca;
- Obras raras ou de grande valor;
- Documentos volumosos.
3. Poderá, eventualmente, nos casos aqui não previstos, a biblioteca estudar a admissibilidade respectivo do empréstimo, sendo que a não admissibilidade será sempre justificada.

Artigo 13.º
O empréstimo de obras tem um custo de € 7,50 (sete euros e meio) por cada obra, e será enviado à cobrança da entidade requerente, juntamente com as formas de pagamento admissíveis.

Artigo 14.º
1. A devolução dos documentos requisitados deverá ser feita no prazo de 10 (dez) dias úteis a contar da data de recepção da obra pela entidade requerente.
2. O envio e a devolução das obras serão sempre efectuados por correio registado, devendo a entidade requerente confirmar por escrito o número de registo e a data de devolução.

Artigo 15.º
1. Se o documento for extraviado ou danificado, a entidade requerente é responsável, ficando sujeita à recusa, por parte da entidade fornecedora, da prestação de empréstimo interbibliotecas.
2. A consequência prevista no número anterior aplicar-se-á sempre que as entidades requisitantes não cumpram qualquer dos pontos do presente protocolo, ou sempre que interesses dos seus utilizadores possam vir a ser prejudicados

Artigo 16.º
Nos casos omissos no presente protocolo, deverão ser aplicadas as regras que constam do Modelo de Código Nacional de Empréstimo Interbibliotecas.

Comissão de Trabalho para o 1º Ciclo do Ensino Básico


1. Objectivos
A Comissão tem como objetivos a organização das Bibliotecas Escolares do 1º Ciclo do Ensino do Ensino Básico e a elaboração dos respetivos Planos de Actividades, integrando-as no currículo.

2. Constituição
A Comissão de Trabalho para o 1º CEB é constituída pela Professora Bibliotecária do Agrupamento, pelos Professores responsáveis pelas Bibliotecas das Escolas do 1º Ciclo e pela Coordenadora do SABE.

3. Funcionamento
A Comissão reúne uma vez por mês na segunda terça-feira de cada mês, sendo redigida ata da reunião e elaboradas folhas de presença.

4. Competências
A Comissão pode fazer propostas ao grupo Coordenador no âmbito das Bibliotecas do 1º CEB ou no âmbito da Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil.

Grupo Coordenador das Bibliotecas do Concelho de Arganil
Constituição, Funcionamento e Competências

1. Constituição
O Grupo Coordenador é constituído pela professora Bibliotecária Coordenadora, Dra. Eulália Nunes; pela Professora Bibliotecária Dra. Maria João Vaz e pela Coordenadora do SABE Dra. Margarida Fróis.

2. Funcionamento
a) O Grupo reúne na segunda quinta-feira de cada mês.
b) Podem ser convidadas para participar nas reuniões entidades consideradas importantes para o desenvolvimento de programas, projetos ou atividades relacionadas com as Bibliotecas.
c) De todas as reuniões são elaboradas actas informatizadas, enviadas por correio electrónico a todos os membros e aprovadas e assinadas por todos na reunião seguinte.

3. Competências
Ao Grupo de Trabalho cabe a organização e gestão das Bibliotecas Escolares da Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil:
Elaboração e revisão do Plano de Ação das Bibliotecas Escolares;
Elaboração e revisão do Regulamento Interno das Bibliotecas Escolares;
Elaboração e implementação do Plano Anual de Atividades;
Elaboração e revisão de outros documentos institucionais: Manual de Procedimentos, Guia do Utilizador etc.
Preparação e implementação da auto-avaliação das Bibliotecas Escolares;
Análise e tratamento dos assuntos considerados na ordem de trabalho das reuniões.
Todos os membros do GC podem integrar assuntos na ordem de trabalho.
Os documentos elaborados pelo Grupo Coordenador são aprovados em reunião do Grupo de Trabalho Concelhio.

Regulamento do Grupo de Trabalho Concelhio das Bibliotecas do Concelho de Arganil

Preâmbulo

O Grupo de Trabalho Concelhio foi criado em reunião do dia 3 de Março de 2006, onde estiveram presentes os Presidentes dos Executivos da Escola Secundária de Arganil, dos agrupamentos de Arganil e Coja, os Coordenadores e Responsáveis pelas Bibliotecas do Concelho, representantes das Associações de Pais e pela Bibliotecária Municipal, reunião essa que foi presidida pelo Sr. Vereador da Cultura, Dr. António Cardoso.
Passados 7 anos sobre a constituição do Grupo de Trabalho Concelhio e perante as alterações verificadas nos Agrupamentos de Escolas ao nível da Direcção e a criação da figura do Professor Bibliotecário, torna-se necessário ajustar este Regulamento à nova realidade, sendo introduzidas as alterações consideradas pertinentes para a atualização do presente regulamento, que passa a ter a seguinte redação:

1. Objetivos
O grupo de trabalho tem os seguintes objetivos:
1.1 - Criar e dar continuidade à organização e gestão de projetos de intervenção e cooperação nas áreas das Bibliotecas Escolares;
1.2 - Desenvolver nas escolas, em colaboração com a Biblioteca Municipal e as entidades formadoras, atividades de formação e autoformação nos domínios da biblioteconomia, animação, dinamização e promoção da leitura;
1.3 - Sensibilizar o órgão de gestão do Agrupamento de Escolas, as diferentes instâncias do Ministério da Educação e a Câmara Municipal, para a importância das bibliotecas no processo de educação e formação para a cidadania;
1.4 - Promover e estreitar a ligação entre os responsáveis da Comunidade Educativa local, a Câmara Municipal, a Biblioteca Municipal e/ou outros parceiros tidos por convenientes na prossecução dos objetivos do Grupo de Trabalho;
1.5 - Fomentar a ligação interescolar dos vários graus de ensino e potencializar recursos através de uma partilha e cooperação efetivas;
1.6 - Promover a troca de experiências entre os seus membros, no âmbito da organização, gestão, animação e dinamização das Bibliotecas Escolares;
1.7 - Difundir as experiências realizadas, de modo a melhorar o desempenho das bibliotecas;
1.8 - Divulgar as atividades do Grupo de Trabalho, através da participação em encontros, seminários, acções de formação e publicações.

2. Organização
2.1 - Grupo de Trabalho
 O Grupo de Trabalho das Bibliotecas Escolares  é constituído pelo Vereador do Pelouro da Cultura, pela direcção do Agrupamento de Escolas, pela Bibliotecária Municipal, pelos Professores Bibliotecários, pelos Coordenadores de Departamento do 1º ciclo e Pré-escolar e pelo representante da Associação de Pais e Encarregados de Educação.

2.2- Grupo Coordenador
O Grupo Coordenador é constituído pelas Professoras Bibliotecárias e pela Bibliotecária Municipal.

2.3 Comissão Técnica do 1º Ciclo do Ensino Básico e pré-escolar
A Comissão Técnica do 1º Ciclo do Ensino Básico é constituída pela professora Bibliotecária afeta ao 1º Ciclo e pelas docentes responsáveis pelas respetivas bibliotecas.

2.4 - Comissões de Trabalho
Criadas a partir do Grupo de Trabalho, poderão integrar outros elementos, para além dos que constituem o Grupo de Trabalho, de acordo com os projetos a desenvolver.

2.5 SABE - Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares
O SABE é constituído por todos os funcionários que prestam serviço nas Bibliotecas Públicas do concelho e que colaboram na organização e dinamização das Bibliotecas Escolares.

3. Competências
3.1 Compete ao Grupo Trabalho:
a) Assegurar a continuidade do projecto de acordo com os fins propostos;
b) Decidir sobre as propostas emitidas pelo Grupo Coordenador;
c) Aprovar os planos e relatórios de atividade anuais;
d) Criar Comissões de Trabalho adequadas aos seus fins.
e) Aprovar os documentos elaborados pelo Grupo Coordenador.

3.2 Compete aos membros do Grupo de Trabalho:
a) Analisar as questões colocadas à discussão nas reuniões e participar ativamente nas decisões;
b) Estar presentes ou fazerem-se representar nas reuniões para que forem convocados.
c) Colaborar nas comissões de trabalho para as quais forem escolhidos;
d) Colaborar com o Grupo de Trabalho no sentido de se atingirem os objetivos para que foi criado.

3.3 Compete ao Grupo Coordenador:
a) Organizar e gerir as Bibliotecas Escolares da Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil;
b) Elaborar e rever o Plano de Ação das Bibliotecas Escolares, o Regulamento Interno, o Manual de Procedimentos e o Guia do Utilizador;
c) Elaborar e implementar o Plano Anual de Atividades, harmonizando as propostas da Comissão Técnica do 1º ciclo;
d) Preparar e implementar a autoavaliação das Bibliotecas Escolares;
e) Elaborar os planos e relatórios de atividade anuais e apresentá-los ao Grupo de Trabalho;
f) Estabelecer a ligação entre os parceiros e a Rede de Bibliotecas Escolares;
g) Articular as atividades do Grupo de Trabalho e das Comissões;
h) Levar à prática as decisões tomadas pelo Grupo de Trabalho;
i) Sugerir a data e ordem de trabalho para as reuniões do Grupo de Trabalho;
j) Sugerir a ordem de trabalho para as suas reuniões.
k) Analisar e tratar os assuntos considerados na ordem de trabalho das reuniões;

3.4 Compete à Comissão Técnica do 1º Ciclo e Pré-escolar
a) Elaborar um plano de atividades de cada Biblioteca Escolar do 1º Ciclo e Pré-escolar, de acordo com os temas aglutinadores propostos pelo Grupo Coordenador;
b) Discutir e decidir sobre questões de funcionamento de cada Biblioteca do 1º Ciclo;
c) Divulgar, junto dos docentes, informações recolhidas nas reuniões;
d) Elaborar uma proposta de ocupação da biblioteca Escolar pelos docentes/turmas;
e) Apresentar propostas ao Grupo de Trabalho.

3.5 Compete ao Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares:
a) Acompanhar e apoiar as Bibliotecas Escolares do Concelho de Arganil, de forma a contribuir para o seu desenvolvimento e rentabilização em várias áreas;
b) Desenvolver os projetos e as decisões tomadas nas reuniões do Grupo Coordenador;
c) Prestar colaboração técnica nos vários domínios:
- Desenvolvendo ações de formação prática numa lógica de formação de utilizadores de Bibliotecas, tanto para alunos, como para professores;
- Desenvolvendo, em colaboração com os professores, atividades na área da literacia, com o objetivo de criar hábitos de leitura, dinamizando ações de promoção da leitura;
- Mantendo atualizado o catálogo concelhio, validando registos e inserindo-os no catálogo online;
- Catalogando os documentos do fundo documental das Bibliotecas do 1º ciclo;
- Mantendo atualizado o Portal da Rede de Bibliotecas do Concelho, inserindo notícias que chegam das várias atividades que as Bibliotecas realizam.
- Dando apoio técnico na arrumação da biblioteca e no empréstimo domiciliário, no que respeita às Bibliotecas do 1º ciclo, bem como na implementação do cartão único para as bibliotecas do concelho.
- Dando apoio técnico às Bibliotecas do 2º e 3º ciclo e secundário, sempre que lhe for solicitado.

4. Funcionamento
4.1 O Grupo de Trabalho reunirá ordinariamente no início e no final do ano letivo e extraordinariamente, sempre que o desenvolvimento dos trabalhos o exija.
4.2 O Grupo Coordenador reunirá uma vez por mês.
4.3 Podem ser convidadas para participar nas reuniões, entidades consideradas importantes para o desenvolvimento de programas, projetos ou atividades relacionadas com as Bibliotecas.
4.4 A Comissão Técnica do 1º Ciclo reunirá uma vez por período e sempre que se considerar necessário.
4.5 As convocatórias para as reuniões do Grupo de Trabalho serão da responsabilidade da Câmara Municipal de Arganil.
4.6 As convocatórias para as reuniões do Grupo Coordenador e da Comissão Técnica do 1º Ciclo serão da responsabilidade da Diretora do Agrupamento de Escolas, com conhecimento à Bibliotecária Municipal e ao responsável pelo Pelouro da Cultura.
4.7 De todas as reuniões deverão ser elaboradas atas.
4.8 As atas das reuniões do Grupo de Trabalho e do Grupo Coordenador deverão ser enviadas para a Vereação da Cultura e para a direcção do Agrupamento de Escolas e delas deverá constar a lista de presenças nas reuniões.

Aprovado em reunião do Grupo de Trabalho de 16 de Setembro de 2009

O Vereador do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Arganil

Dr. António Cardoso

O Presidente da Direcção da Escola Secundária de Arganil

Dr. Fernando Antunes

O Presidente da Direcção do Agrupamento de Escolas de Arganil

Dr. António Machado

A Presidente do Agrupamento de Escolas de Coja

Dra. Susana Fonseca




ANEXOS

Grupo de Trabalho Concelhio. Ano lectivo 2011/2012

Grupo de Trabalho para as Bibliotecas do Concelho de Arganil é constituído por um conjunto de responsáveis que representam a Câmara Municipal de Arganil, o Agrupamento de Escolas de Arganil, o Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares através da Biblioteca Municipal Miguel Torga, as Bibliotecárias Escolares, os Responsáveis pelas Bibliotecas Escolares e ainda a Associação de Pais e Encarregados de Educação.

No ano lectivo de 2011 /2012 o Grupo de Trabalho é assim constituído:
Presidente do Grupo de Trabalho para as Bibliotecas do Concelho
Vereadora do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Arganil
Dra. Paula Dinis
Diretor do Agrupamento de Escolas de Arganil
Dra. Anabela Soares
Professora Bibliotecária Coordenadora
Dra. Eulália Nunes
Professora Bibliotecária
Dra. Maria João Cavaleiro
Coordenadora do Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares
Dra. Margarida Fróis
Responsável pela Biblioteca da Escola do 1º CEB de Arganil
Dra.Maria João Cavaleiro
Responsável pela Biblioteca da Escola do 1º CEB de Folques
Dra. Maria Jacinta Gomes
Responsável pela Biblioteca da Escola do 1º CEB de Sarzedo
Dra. Anabela Seco
Responsável pela Biblioteca da Escola do 1º CEB de S. Martinho da Cortiça
Dra. Fátima Marques
Responsável pela Biblioteca da Escola do 1º CEB de Pombeiro da Beira
Dr. Paulo Cunha
Responsável pela biblioteca da Escola do 1º CEB de Côja
Dra. Isabel Costa
Responsável pela Biblioteca da escola do 1º CEB de Pomares
Dra. Ana Maria Luz
Responsável pela Biblioteca da Escola do 2º e 3º Ciclo de Côja
Dra. Isabel Ferreira
Responsável pela Biblioteca da Escola do 2º e 3º Ciclo de Arganil
Dra. Eulália Nunes
Responsável pela Biblioteca da Escola Secundária
Dra. Eulália Nunes
Representante da associação de Pais
Kevin Barardo.

SABE - Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares

Embora já funcionasse informalmente desde 1997, o Serviço de apoio às Bibliotecas Escolares foi criado por despacho do senhor Presidente da Câmara Municipal  de 14 de janeiro de 2006.

Recursos Humanos
O SABE é constituído por todos os funcionários que prestam serviço nas bibliotecas Públicas do Concelho, que quando necessário colaboram na organização e dinamização das Bibliotecas Escolares.

Objectivos:
O Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares tem como objectivo acompanhar e apoiar as Bibliotecas Escolares do Concelho de Arganil, de forma a contribuir para o seu desenvolvimento e rentabilização em várias áreas.

Funções do SABE:
O SABE insere-se no Grupo de trabalho concelhio sendo o serviço operacional que desenvolve na prática os projetos e as decisões tomadas nas reuniãoes do Grupo Coordenador das Bibliotecas do Concelho de arganil.
Fundamentalmente o SABE presta colaboração técnica às bibliotecas Escolares nos vários dominios:
- Desenvolve acções de formação prática numa lógica de formação de utilizadores de Bibliotecas  tanto para alunos como para professores
- Desenvolve, em colaboração com os professores atividades na área da literacia com o objectivo de criar hábitos de leitura, dinamizando acções de promoção da leitura.
- Mantém actualizado o catálogo concelhio, validando registos e inserindo-os no catálogo online.
- Cataloga os documentos do fundo documental das BE do 1º ciclo.
- Mantem actualizado o Portal da Rede de Bibliotecas do Concelho, inserindo noticias que chegam das várias atividades que as BE realizam.
- Dá apoio técnico na arrumação da biblioteca e no empréstimo domiciliário no que respeita às Bibliotecas do 1º ciclo, bem como na implementação do cartão único para as bibliotecas do concelho.
- Dá apoio técnico às Be do 2º e 3º ciclo e secundário sempre que lhe é solicitado

O SABE está sedeado na Biblioteca Municipal Miguel Torga de Arganil





Partilhar

DGLAB

Ler +

IFLA

BNP

RBE