1. Skip to levitra free pills services Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>


Espaço Jovem

PDF Imprimir Enviar por E-mail



A ideia de criar o Dia Mundial da Alimentação surgiu em 1979 na conferência da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO). O objectivo deste evento consiste em elevar a consciência pública sobre o problema mundial da alimentação e em reforçar a solidariedade na luta contra a fome, a malnutrição e a pobreza. Em 1980 a Assembleia-geral das Nações Unidas aprovou o cumprimento deste dia em consideração ao facto de viagra no prescription wow)) “a comida ser um requisito indispensável para a sobrevivência e o bem-estar e uma necessidade humana fundamental”.

“Mudar o futuro da migração.
Investir em segurança alimentar e desenvolvimento rural”

O mundo está em constante movimento. Até hoje e devido ao aumento dos conflitos e a instabilidade política, mais pessoas foram forçadas a fugir das suas casas do que em qualquer outra altura desde a Segunda Guerra Mundial. No entanto, a fome, a pobreza e um aumento nos eventos climáticos extremos relacionados com as mudanças climáticas são outros fatores importantes que contribuem para o desafio da migração.
Os grandes movimentos de população têm hoje desafios complexos que exigem acção global. Muitos migrantes chegam aos países em desenvolvimento, criando tensões onde os recursos já são escassos, mas a maioria, cerca de 763 milhões, deslocam-se nos seus próprios países e não no estrangeiro.
Três quartos das pessoas que vivem em pobreza extrema baseiam os seus meios de subsistência na agricultura ou em outras atividades rurais. A criação de condições que permitem que as populações rurais, especialmente os jovens, permaneçam nas suas casas é um componente crucial de qualquer plano para enfrentar o desafio migratório.
O desenvolvimento rural permite a criação de oportunidades de negócio e empregos, e poderá conduzir ainda a um aumento da segurança alimentar, à criação de meios de vida mais resilientes, ao melhor acesso à protecção social, à redução de conflitos sobre os recursos naturais e à criação de soluções para combater a degradação ambiental e as mudanças climáticas.

Para saber mais consulta:
http://www.fao.org/fileadmin/user_upload/faoweb/Portugal/WFD2017_Brochure_PT_Website.pdf

Adaptado a partir do site www.fao.org

Autor do mês
Todos os meses te daremos a conhecer um novo autor/escritor, apresentando uma breve biografia e bibliografia, se quiseres saber mais dirige-te à nossa biblioteca!


KAZUO ISHIGURO

Kazuo Ishiguro nasceu em Nagasáqui, no Japão, em 1954 e foi para Inglaterra aos 5 anos. Publicou o seu primeiro livro Colinas de Nagasaki aos 27 anos, ao qual se seguiu Um artista num mundo transitório, publicado em 1986. Embora elogiado por estes dois romances, o prestígio internacional de buy viagra pills approach Ishiguro viria com o título seguinte: Os despojos do dia publicado em 1989, que venceu o Booker Prize. Seguiram-se Os inconsolados (1995), Quando éramos órfãos (2000), Nunca me deixes (2005), Nocturnos (2009) e O gigante enterrado (2015).

Kazuo Ishiguro tem a sua obra traduzida em mais de três dezenas de países, e viu a sua obra premiada por diversas vezes. O autor foi ontem anunciado como Prémio Nobel da Literatura 2017. Para a Academia Sueca justifica-se o Nobel da Literatura devido a ter "nos seus romances uma força emocional muito grande, e ter revelado o abismo entre o sentido do ilusório e a sua ligação ao mundo".

 

 

Adaptado de: Infopedia.pt

Obras do escritor disponíveis na rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil:

Quando éramos órfãos. 1ª ed. Lisboa : Gradiva, 2000. 308 p. ISBN 972-662-761-3
Os inconsolados. 1ª ed. Lisboa : Gradiva, 1995. 425 p. ISBN 972-662-428-2
Os despojos do dia. 2ª ed. Lisboa : Gradiva, 1995. 208 p.. ISBN 972-662-209-3

Para saber mais consulte:
https://www.publico.pt/2017/10/05/culturaipsilon/noticia/nobel-da-literatura-para-1787807
https://www.nobelprize.org/nobel_prizes/literature/laureates/2017/ishiguro-facts.html
https://www.dn.pt/artes/interior/kazuo-ishiguro-vence-nobel-da-literatura-8821948.html
https://pt.wikipedia.org/wiki/Kazuo_Ishiguro

Acede ao Catálogo Concelhio para saber quais as obras do autor que existem na Rede de Bibliotecas do Concelho de Arganil.


Sabias que...?

Todos os meses uma curiosidade diferente.

 

 

No dia 9 de Outubro celebra-se o Dia Mundial dos Correios.

Os CTT de Portugal comemoram em 2020, 500 anos da sua existência. Antes da sua existência as mensagens eram confiadas a viajantes e peregrinos ou, no caso da nobreza e casas reais, a escudeiros que se transformavam em enviados de boas e más novas. A entrega de visit web site low cost viagra fast más notícias deu, aliás, origem à famosa expressão “não matem o mensageiro”.

Para saber mais consulta:
https://www.timeout.pt/lisboa/pt/blog/meio-seculo-de-correios-em-seis-curiosidades-111516
https://www.publico.pt/2013/12/04/economia/noticia/ctt-uma-empresa-onde-se-le-a-historia-do-pais-1614866
https://www.fep.up.pt/docentes/cpimenta/lazer/WebFilatelicamente/public_html/c001/artigo_pdf/revista900_1.pdf


Passatempos


Aqui será disponibilizado diariamente um novo sudoku.




Sugestões de sites a visitar

Aqui ficam as nossas sugestões de sites que te poderão dar algumas dicas nos teus estudos e também te podem dar sugestões  para a ocupação dos teus tempos livres.


http://juventude.gov.pt/portal/ipj

O portal do Instituto português da Juventude é uma ferramenta para veicular informação e pretende ser uma referência para jovens portugueses na satisfação das suas necessidades de informação, e ainda como o local de partida na busca de soluções e de respostas para o conjunto de desafios que se colocam às novas gerações.

http://www.mocho.pt/

Portal do ensino das ciências/ cultura científica da responsabilidade do centro de física computacional.

 http://www.forum.pt/

Site dedicado aos alunos do ensino secundário e ensino superior, com informação diversa e possibilidade de levitra for cheap participar em fóruns sobre diversos temas, tais como, música, cinema, aventura e lazer, ambiente, etc.

http://www.cienciaviva.pt/

Site da agência nacional para a cultura científica e tecnológica

www.english.pt.vu/

Site organizado por Pedro Dias que inclui exercícios, utilidades, links e curiosidades para a disciplina de inglês. Destinado a professores e alunos.

www.prof2000.pt/users/tcaetano

Página pessoal da professores de português Teresa Caetano, com exercícios, caminhos para outros sites de leitura e português para estrangeiros e jogos.

http://www.aprendereuropa.pt

Direccionado para a Comunidade Educativa – Alunos, Professores, Pais/Encarregados de Educação e Investigadores – o site “Aprender a Europa” disponibiliza um vasto conjunto de conteúdos, procurando suscitar o interesse sobre a União Europeia.

http://www.terra.com.br/curiosidades/

Portal de curiosidades

http://leituras-cruzadas.blogspot.com/

Blog da Biblioteca Municipal de Arganil

http://www.blitz.pt

Pura diversão

 

Sugestões de Leitura

 
 

Queres ler um livro e não sabes qual?
Vê aqui as nossas sugestões de leitura



GUIA PRÁTICO ILUSTRADO DA AUTO-SUFICIÊNCIA
de John Seymor

O único modo de cultivar, correcta e intensivamente, consiste em aplicar uma variante daquilo que os nossos antepassados praticavam na Europa no século passado. (…) A Natureza abomina a monocultura. (…) Se plantar indefinidamente a mesma cultura no mesmo local, os propagadores de doenças desenvolver-se-ão até um ponto em que se tornam irreversíveis.

Excerto da introdução

 

MIGRAÇÕES E CIDADANIA
de Gonçalo Saraiva Matias

As migrações representam um desafio para políticas públicas dos Estados democráticos. Por um lado a globalização trouxe um novo impulso aos movimentos transnacionais de pessoas. Por outro, os perfis dos países e dos próprios migrantes também se alteraram profundamente.
Assistimos a movimentos migratórios com características muito diversas dos anteriormente verificados, sendo o aspeto mais saliente o abandono de migrações exclusivamente centradas no fator trabalho para migrações motivadas pela circulação de capital humano e do consumo.
Tudo isto levou ao repensar das políticas migratórias dos Estados e ao modo de integração e direitos dos migrantes. A comunidade e o direito internacional devem buscar respostas para estas novas realidades, incluindo o fenómeno crescente da imigração ilegal.
Este contexto exige também repensar a relação entre imigração e cidadania. Com efeito, estes dois conceitos devem ser vistos como faces da mesma moeda, não podendo ser desligados.
Isto implica a aceitação de que a cidadania tem de ser vista como um mecanismo de inclusão dos imigrantes, não podendo ser utilizada, exclusivamente, como um instrumento ao serviço da soberania do Estado.

TRASH: OS RAPAZES DO LIXO
de Andy Mulligan

Raphael, Gardo e Ratazana vivem em Behala, uma lixeira de proporções inimagináveis num país do Terceiro Mundo. Todos os dias, a sua vida resume-se a passar a pente fino os detritos provenientes da cidade na esperança de encontrarem algo que possa ser vendido. Um dia, descobrem uma pequena mala de cabedal que contém dinheiro e alguns documentos pessoais. Mas a polícia também está interessada em ficar com a mala, e os três rapazes dão por si a ser perseguidos à medida que tentam desvendar um caso de corrupção que envolve as mais altas esferas da sociedade. Publicado em mais de 15 países, Trash – Os Rapazes do Lixo é um livro sobre como a esperança e a determinação podem transcender até a pobreza mais indigna.

 

Fonte: www.wook.pt



Partilhar

DGLAB

Ler +

IFLA

BNP

RBE