1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>


Espaço Jovem

PDF Imprimir Enviar por E-mail



14 de Fevereiro
DIA DOS NAMORADOS

O Dia dos Namorados, ou Dia de São Valentim, celebra-se a 14 de Fevereiro. Este dia é conhecido por ser o dia mais romântico do ano, celebra-se o amor, a paixão entre amantes e a partilha de sentimentos.

Grandes obras literárias trouxeram histórias de amor imortalizadas pelo tempo, envolvendo gerações de leitores, ganhando impulso com adaptações igualmente clássicas no cinema e no teatro. Aproveitamos esta data para divulgar algumas destas histórias.

Orgulho e Preconceito
de Jane Austen

Uma história clássica que decorre na sociedade inglesa rural. Em pleno século XVIII, os seus protagonistas enfrentam os seus interesses, emoções e origens, com um louco “vaivém”, uns quantos mal entendidos e sentimentos ocultos.

O Monte dos Vendavais
de Emily Brontë

O centro do argumento desta mítica história britânica é um romance tempestuoso. Tudo começa com a chegada de uma criança abandonada ao Monte dos Vendavais. Catherine, a filha do dono inicia uma relação às escondidas com o hóspede, o que levará a uma complicada situação familiar.

Anna Karenina
de Léon Tolstoi

Outra jóia da literatura e outra história de amor que surge entre a aristocracia. Anna Karenina e o conde Vronski apaixonam-se e, partir daí, a sua história entra num turbilhão de emoções, com casamentos e fofocas pelo meio.

Romeu & Julieta
de William Shakespeare


A história de amor por excelência é a de Romeu e Julieta. Protagonistas de http://radiosyndicationtalk.com/viagra-in-usa um amor proibido  e impossível, ainda hoje comove os menos românticos.

PS. - Eu amo-te
de Cecelia Ahern

Ao morrer prematuramente o jovem Gerry deixa uma série de cartas para sua amada Holly, que se encontra, tal como Gerry supunha, arrasada pela tristeza e pela dor da perda. A ideia? Conduzi-la a superar o terrível vazio deixado por sua ausência. Ao ler cada uma das cartas Holly consegue seguir um itinerário genialmente traçado por Gerry, que a leva a (re)descobertas incríveis. Em PS.: Eu amo-te fica a lição de que o amor verdadeiro não é egoísta, é preocupado e nunca morre.

A Culpa é das Estrelas
de John Greene


Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro de Augustus Waters, a história de Hazel vê-se prestes a ser completamente reescrita.
Neste livro, John Green, explora de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado.

O Amor nos Tempos de Cólera
de Gabriel García Márquez


Um romance de realismo fantástico que fala sobre um amor sem barreiras num cenário de uma pequena cidade Ddas Caraíbas em finais do século XIX. O amor de buying cialis without prescription expert dois jovens e as suas cartas transbordando de emoção e lirismo são interrompidas pelos preconceitos e hipocrisias da sociedade da época. Florentino Ariza jura amor eterno a Fermina Paza e mesmo quando a sua amada casa com Juvenal Urbino, a sua jura persiste…

Autor do mês
Todos os meses te daremos a conhecer um novo autor/escritor, apresentando uma breve biografia e bibliografia, se quiseres saber mais dirige-te à nossa biblioteca!


JAMES JOYCE (1882-1941)

James Joyce nasceu a 2 de fevereiro de 1882, em Dublin, e é considerado um dos romancistas mais originais do nosso tempo. O seu primeiro livro em prosa, Gente de Dublin, foi publicado em 1914. A sua originalidade revelou-se em A Portrait of the viagra mexico Artist as a Young Man (retrato do artista quando jovem), publicado em 1916 e definiu-se por completo em 1922 com Ulysses. Depois dum longo intervalo, deu à estampa Finnegans Wake, de linguagem muito rebuscada. Antes da guerra de 1914 viveu em Zurique, Trieste e Paris. Faleceu em 1941.

Para saberes mais consulta:

• Costa, Nádia - Joyce/Dedalus: Cifras para a decifração de uma Persona(gem) auto-retratada.
Disponível em http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/5990.pdf
• Rosa, Márcia - James Joyce e o auto-retrato em forma de interrogação
Disponível em  http://www.spid.com.br/revistas/r40.2/02%20TP40.2%20-%20Marcia%20Rosa.pdf
• D’Agord, Marta Regina de Leão  - Psicanálise e Literatura: por que ler James Joyce?
Disponível em  http://www.cbp.org.br/porquelerjamesjoyce.pdf
• James Joyce na Wikipédia
https://pt.wikipedia.org/wiki/James_Joyce
• James Joyce na Infopédia
https://www.infopedia.pt/$james-joyce

Acede ao Catálogo Concelhio para saber quais as obras do autor que existem na rede de popular online pharmacy bibliotecas do concelho de Arganil.


Sabias que...?

Todos os meses uma curiosidade diferente.

 

 

A história do Dia de São Valentim remonta ao século III d.c. A lenda diz que o Imperador Romano Cláudio II proibiu os casamentos, com o argumento de que os rapazes solteiros e sem laços familiares, eram melhores soldados. Um sacerdote da época, de nome Valentim, desrespeitou este decreto imperial e continuo a realizar casamentos. O segredo foi descoberto e Valentim foi preso, torturado e condenado à morte, tendo sido executado no dia 14 de Fevereiro, por volta do ano 270 d.c.


Para saber mais sobre S. Valentim, o padroeiro dos namorados, consulta:
http://www.janelaitalia.com/lendas-de-sao-valentim-o-padroeiro-dos-namorados/

   

The Beatles foi uma banda de rock britânica, formada em Liverpool em 1960. É o grupo musical mais bem-sucedido e aclamado da história da música popular.

Em 1825, já completamente surdo, Beethoven foi assistir a um ensaio fechado de um grupo que iria executar o seu Quarteto em mi bemol maior op. 127. Um dos violinistas, Joseph Böhm, registou o episódio: "O infeliz estava tão surdo que não podia ouvir o som celestial das suas próprias composições". Para espanto de todos, porém, Beethoven chamou a atenção do grupo para os menores erros de execução. "Seus olhos seguiam os arcos, e assim ele era capaz de improved levitra samples notar as menores flutuações no tempo ou no ritmo, e corrigi-las na hora", anotou Böhm.

A 10 de junho de 1579 ou 1580, Luis Vaz de Camões morre em Lisboa, deixando para trás uma das obras que mais enalteceu as aventuras e descobertas portuguesas: Os Lusíadas. Já no século XIX, foi na figura de Camões que os liberais portugueses encontraram um símbolo para a sua luta contra a presença dos ingleses em Portugal, e que mais tarde levou à implantação da República. E foi também a figura de Camões que deu origem ao feriado que hoje celebramos a 10 de junho.

Fonte: www.querosaber.sapo.pt

A caça ilegal fez a população de elefantes das florestas cair em 2/3 durante o período de 2002 - 2011.
Na África do Sul, a caça ilegal de rinocerontes aumentou em quase 90 vezes entre 2007 e 2015, de 13 rinocerontes mortos em 2007 para 1.175 rinocerontes mortos em 2015.

Fonte: http://wed2016.com/pt/factos

De acordo com os dados da CIA – Central Intelligence AgencyPortugal tem 7,2 milhões de utilizadores de Internet, ou seja 66,1% da população total. No ranking Mundial, Portugal encontra-se na 52ª posição. (dados referentes a 2014)

O que acontece na Internet num minuto?

OS LIVROS MAIS VENDIDOS DESDE SEMPRE!

Segundo o howstuffworks, o livro Dom Quixote de cialis soft tab 1615, possui aproximadamente 500 milhões de unidades vendidas. Não se sabe com precisão a quantidade, mas considerando um livro que é vendido desde 1615 até os dias atuais, é a estimativa aceitável. O livro é um clássico da literatura mundial, e maior expoente da literatura espanhola. Seu escritor, Miguel de Cervantes y Saavedra, narra a história do fidalgo castelhano que é aficionado por leituras de romances de cavalaria, até que resolve viver como esses heróis. Dom Quixote e seu fiel amigo Sancho Pança embarcam em uma grande aventura humorística e anacrônica

Fonte:http://top10mais.org/top-10-livros-mais-vendidos-de-todos-os-tempos/#ixzz45hgd9snq
Consulta o site para conhecer os outros títulos deste Top 10!

VÍRUS

Os vírus são dez mil vezes menores que as bactérias, eles não passam de material genético com uma capa de proteína. Alguns cientistas nem os consideram seres vivos, porque não têm metabolismo próprio: usam as células dos organismos que invadem para se reproduzir. Só o vírus da SIDA matou 25 milhões de pessoas em 20 anos - enquanto o da gripe espanhola eliminou o mesmo número em apenas 2 anos (1918-1919). Aliás, os vírus da gripe, como o influenza, são extremamente difíceis de controlar, por estarem constantemente em mutação.

Fonte: http://www.academialetrasbrasil.org.br/revista1.htm

Porque o teclado não está ordenado alfabeticamente?

Na verdade, a disposição não é aleatória e a razão é simples e segue uma lógica: a disposição das teclas obedece ao padrão da máquina de glucophage generic in canada escrever, concebida pelo americano Christopher Scholes, em 1868, e criador do teclado QWERTY. Este nome foi adotado devido à disposição das primeiras seis teclas. Scholes estudou as combinações de letras mais utilizadas na língua inglesa e considerou que a melhor opção era distanciar as teclas mais utilizadas, umas das outras, de forma a evitar que hastes da máquina de escrever, ao subirem, com pouco tempo de intervalo umas das outras, ficassem presas. Assim sendo, concluiu que seria muito mais prático e rápido se agrupasse as letras, tendo por base o critério de maior utilização na Língua Inglesa. Desde então, este padrão espalhou-se por todo o mundo, sendo hoje adoptado pela grande maioria dos teclados de computadores.

Fonte: http://www.curiosidadesdomundo.com/por-que-razao-o-teclado-nao-esta-por-ordem-alfabetica/

A totalidade do lençol de gelo da Antárctida contém água suficiente para elevar os níveis do mar em todo o mundo em 62 metros

Fonte: http://www.greenpeace.org/

Passatempos


Aqui será disponibilizado diariamente um novo sudoku.




Sugestões de sites a visitar

Aqui ficam as nossas sugestões de sites que te poderão dar algumas dicas nos teus estudos e também te podem dar sugestões  para a ocupação dos teus tempos livres.


http://juventude.gov.pt/portal/ipj

O portal do Instituto português da Juventude é uma ferramenta para veicular informação e pretende ser uma referência para jovens portugueses na satisfação das suas necessidades de informação, e ainda como o local de partida na busca de soluções e de respostas para o conjunto de desafios que se colocam às novas gerações.

http://www.mocho.pt/

Portal do ensino das ciências/ cultura científica da responsabilidade do centro de física computacional.

 http://www.forum.pt/

Site dedicado aos alunos do ensino secundário e ensino superior, com informação diversa e possibilidade de participar em fóruns sobre diversos temas, tais como, música, cinema, aventura e lazer, ambiente, etc.

http://www.cienciaviva.pt/

Site da agência nacional para a cultura científica e tecnológica

www.english.pt.vu/

Site organizado por Pedro Dias que inclui exercícios, utilidades, links e curiosidades para a disciplina de inglês. Destinado a professores e alunos.

www.prof2000.pt/users/tcaetano

Página pessoal da professores de português Teresa Caetano, com exercícios, caminhos para outros sites de leitura e português para estrangeiros e jogos.

http://www.aprendereuropa.pt

Direccionado para a Comunidade Educativa – Alunos, Professores, Pais/Encarregados de Educação e Investigadores – o site “Aprender a Europa” disponibiliza um vasto conjunto de conteúdos, procurando suscitar o interesse sobre a União Europeia.

http://www.terra.com.br/curiosidades/

Portal de curiosidades

http://leituras-cruzadas.blogspot.com/

Blog da Biblioteca Municipal de Arganil

http://www.blitz.pt

Pura diversão

 

Sugestões de Leitura

 
 

Queres ler um livro e não sabes qual?
Vê aqui as nossas sugestões de leitura



MÚSICA NO CORAÇÃO
de TRAPP, Maria Augusta


Música no coração narra a história fascinante dos cantores da família Trapp. Uma história simples, comovedora, de cunho verdadeiramente autobiográfico, este maravilhoso livro fala ao coração dos leitores pelo tom de sinceridade expressiva, pela forma comunicativa como está escrito, pelo que há nele de aventura humana na conquista de uma realidade poucas vezes sonhada.

Fonte: badana do livro

A MÚSICA DO ACASO
de AUSTER, Paul

A Música do Acaso é um dos mais intrigantes romances de Paul Auster. Nele conta-se a história de alguém que inesperadamente recebe uma herança, decide abandonar tudo e viajar sem rumo. Disposto a continuar enquanto tiver dinheiro, não estabelece nenhum ponto de chegada, deixando-se conduzir pelo acaso. Este torna-se a força motriz que determina a sua vida, transformando-a numa sucessão de acontecimentos aparentemente sem significado. Assente sobre este jogo perverso, o autor desenrola a história dos seus personagens de acordo com os seus próprios temas-obsessões, definindo o indivíduo simultaneamente pela sua impotência e pela sua capacidade de viajar até aos limites da solidão. Paul Auster é um autor que recolhe o melhor da tradição ficcional americana, fundindo-a com influências várias, entre as quais podemos citar Kafka, Mallarmé ou Blanchot, que marcaram o seu próprio percurso na ficção.


Fonte: www.wook.PT

O VIOLINISTA
de MAURENSIG, Paolo

Um livro que desde logo encerra no seu título original (Canone Inverso - figura que em musicologia significa uma composição musical tocada inversamente) o rumo que seguirá a narrativa. Uma narrativa que começa na Londres contemporânea com o leilão de um violino do século XVII, através do qual o autor nos dá a conhecer, retrospectivamente, a história da amizade de dois jovens músicos, cuja posterior escalada descendente anunciará o advento da Segunda Guerra Mundial.


Fonte: www.wook.pt

O MUNDO SEM NÓS
de WEISMAN, Alan

Se nos retirássemos agora da Terra, definitivamente, o que se passaria? Quais os vestígios do Homem (humanos) que permaneceriam e quais os que desapareceriam ? Como mudaria o planeta?
Numa altura em que vivemos tão preocupados e ansiosos com os efeitos do nosso impacto sobre o clima e o ambiente, este livro oportuno dá-nos uma oportunidade de ter uma ideia do que deixaríamos realmente como legado da nossa passagem por este planeta.
Regressaria o clima ao que era antes de ligarmos os nossos motores? Conseguiria a Natureza apagar todos os vestígios da civilização humana, incluindo as miríades de produtos sintéticos e de plástico? Por que razão certos edifícios, certas pontes, resistiriam mais à usura do tempo do que outros? O que ficaria da nossa arte? Que animais prosperariam e que raças se extinguiriam?
Pura fantasia para amadores de ficção científica? Nem por sombras! Alan Weisman tem uma investigação amplamente documentada - baseia-se, nomeadamente, na evolução de territórios actualmente virgens, as florestas que envolvem Chernobyl, a zona desmilitarizada que separa as duas Coreias - , cruza as opiniões dos especialistas com as observações dos autóctones, e convida-nos a uma instrutiva viagem à volta à Terra… sem nós!

Fonte: www.wook.pt

TÓPICO PARA UMA CATÁSTROFE: O HOMEM, A NATUREZA E AS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS
de KOLBERT, Elizabeth

Uma brilhante descrição da real ameaça do aquecimento global e um apaixonado desafio para agirmos enquanto ainda há tempo.
Escrito a partir de um conjunto de reportagens de grande impacto publicado na revista The New Yorker, este livro tornou-se, desde a sua publicação, num dos mais aclamados ensaios sobre o aquecimento global e as possibilidades que existem do planeta ser salvo da catástrofe e é já considerado um dos mais importantes livros publicados sobre a vida na terra, nos últimos quarenta anos.
À medida que os efeitos do aquecimento global vão sendo cada vez mais impossíveis de ignorar, há um desafio que se nos impõe: seremos capazes de lhe dar uma resposta global? É quase impensável que uma sociedade tecnologicamente avançada possa decidir destruir-se a si própria, mas é exactamente isso que, no fundo, está em vias de acontecer.
Este livro é simultaneamente um relatório e um alerta para a catástrofe que se avizinha. Do Alasca ao Irão, passando pela Holanda ou pela Costa Rica, a autora faz uma espécie de reportagem da frente de batalha, neste caso de uma guerra desigual, pois opõe o Homem à Natureza. Uma síntese brilhante do maior desafio que a Humanidade enfrenta.

Fonte: www.wook.PT


O OUTRO PÉ DA SEREIA
de COUTO, Mia


Viagens diversas cruzam-se neste romance: a de D. Gonçalo da Silveira, a de Mwadia Malunga e a de um casal de afro-americanos. O missionário português persegue o inatingível sonho de um continente convertido, a jovem Mwadia cumpre o impossível regresso à infância e os afro-americanos seguem a miragem do reencontro com um lugar encantado. Outras personagens atravessam séculos e distâncias: o escravo Nimi, à procura das areias brancas da sua roubada origem. A própria estátua de Nossa Senhora, viajando de Goa para África, transita da religião dos céus para o sagrado das águas. E toda uma aldeia chamada Vila Longe atravessa os territórios do sonho, para além das fronteiras da geografia e da vida.
As diferentes viagens entrecruzam-se numa narrativa mágica, por via de uma mesma escrita densa e leve, mistérios e poética de um dos mais consagrados escritores da língua portuguesa.

Fonte: badana do livro

ENDE, Michael
Momo ou a estranha história dos ladrões do tempo e da menina que devolveu aos homens o tempo roubado


Quarenta anos após a sua publicação, a magia de Momo continua intacta. É a história de Momo, a menina de origens misteriosas que vive numas ruínas nos arredores de uma grande cidade. Não tem nada de seu, mas tem uma qualidade muito rara - sabe ouvir e trazer poesia e afeto às vidas daqueles que a rodeiam. Um dia, chega à cidade o exército dos senhores cinzentos, com a intenção de roubar o tempo às pessoas. A vida torna-se estéril e sem alegria, e só Momo pode salvar a população da cidade e devolver-lhe o tempo roubado. Para isso conta apenas com a ajuda de Mestre Hora e de Cassiopeia, a tartaruga que comunica escrevendo mensagens na carapaça...

Fonte: www.presenca.PT

CARROLL, Lewis, pseud.
Alice do outro lado do espelho.


Alice do Outro Lado do Espelho (1872) narra o regresso da jovem ao país encantado da sua primeira aventura, onde desta vez encontrará personagens como Humpty Dumpty, Tweedledee e Tweedledum. Num quente mês de Março, Alice brinca com as suas gatas quando se pergunta como será o mundo do outro lado do espelho. Para sua grande surpresa, descobre que tem o poder de atravessar um espelho e descobre um livro misterioso que só pode ser lido pelo seu reflexo. Quando atravessa o jardim das flores vivas, Alice encontra a Rainha Preta e depara-se com um grandioso jogo de xadrez em que ela terá de participar.

Fonte: www.wook.pt

Sexta-feira ou a vida selvagem
TOURNIER, Michel


Robinson não poderá nunca voltar ao mundo que deixou. Então, palmo a palmo, edifica o seu pequeno reino. Tem uma casa, fortalezas para se defender e um criado, Sexta-Feira, que lhe é dedicado de alma e coração. Tem mesmo um cão, que envelhece calmamente ao sol de Speranza. A ilha é um pequeno baluarte de civilização e tudo parece ir pelo melhor. A verdade é que todos três se aborrecem. Sexta-Feira nada compreende da organização, das leis, dos rituais que tanto agradam a Robinson. Escapa-lhe a razão de ser dos campos cultivados, dos rebanhos, das fortalezas. Mas então dá-se um acontecimento inesperado¿
Esta obra é uma versão adaptada de «Vendredi ou Les Limbes du Pacifique», do mesmo autor.

Voltei para te mostrar que podia voar
KLEIN, Robin


Seymour, um rapaz solitário, conhece acidentalmente Angie, uma jovem de vinte anos, bela e carismática. Esse encontro vai mudar a vida dos dois. Seymour começa a ganhar a personalidade e a capacidade de decisão que lhe faltam. Com a sua inocência, ternura, sentido de responsabilidade e ordem, converte-se no anjo-da-guarda de Angie, que se encontra dependente da droga e à espera de um filho. A amizade que surge entre ambos e o sentido maternal que Seymour desperta em Angie vão poder mais do que as cartas e recomendações da família, fazendo que este se decida a iniciar um programa de desintoxicação, tantas vezes interrompido.



Partilhar

DGLAB

Ler +

IFLA

BNP

RBE