1. Skip to emiratesparkzoo.com Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

MÁRIO CESARINY – LIBERDADE, AMOR E POESIA

PDF Imprimir Enviar por E-mail

De 21 de Janeiro a 12 de Fevereiro de 2015, está patente ao público na Biblioteca Alberto Martins de only here buy cialis in the uk Carvalho em Coja, uma Exposição Biográfica, intitulada “ Mário Cesariny – Liberdade, Amor e Poesia”.

BREVE NOTA BIOGRÁFICA:

Mário Cesariny ( 9/08/1923 – 26/11/2006)
Autor de uma poesia extraordinária, casualmente demasiado consciente para ser examinada verdadeiramente surrealista , que manifesta afinidades com a de Álvaro de Campos, Mário de Sá-Carneiro, António Maria Lisboa e a dos surrealistas franceses Breton e Artaud.
A poesia de Mário Cesariny influenciou uma grande parte de poetas, tal como aconteceu com o Modernismo do Orpheu. Considerado o mais importante representante poeta português da escola Surrealista, encontra-se em 1947 com André Breton, facto determinante no aperfeiçoamento do seu trabalho literário.
Ainda nesse ano participa, junto com Alexandre O’Neill, Antônio Pedro etc., no Grupo Surrealista de Lisboa. Algum tempo depois, por não concordar com a linha ideológica do grupo, afasta-se de http://zini.com.br/bio-viagra-herbal maneira polémica e www.tawana.com.au funda o "Grupo Surrealista Dissidente.”
 Além de poeta, romancista, ensaísta e dramaturgo, dedicou-se às artes plásticas, nomeadamente à pintura.
Alcançou as duas maiores superioridades da sua carreira: o Grande Prémio Vida Literária APE/CGD e a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, facultada pelo Presidente da República Jorge Sampaio.

A Exposição pode ser visitada no seguinte horário:
De Segunda a Sexta:
Das 9h00 – 18h00

 
Partilhar

DGLAB

Ler +

IFLA

BNP

RBE