O QUE NÃO É TEU NÃO É TEU

de Helen Oyeyemi

A chave para uma casa, a chave para um coração, a chave para um segredo – chaves, literais e metafóricas, que não se limitam a abrir momentos das vidas das suas personagens; estas chaves prometem-nos também os difíceis labirintos que se estendem para lá disso.
Os contos de Helen Oyeyemi, lembrando contos de fadas, lições de história, mitos e lendas, vivem numa multiplicidade de tempos e paisagens, fazendo com as que as fronteiras de realidades coexistentes se toquem, transformando ladras em heroínas, homens moribundos em pais, e criando bibliotecas de rosas e jardins de livros.
Em O Que não É Teu não É teu, todas as chaves são portas, oferendas e um convite à descoberta de um universo onde a beleza poderá, talvez, existir.